Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





 

Adquiri a Chef Express há cerca de uma semana. Depois de uma comparação entre os vários robots de cozinha disponíveis no mercado, optei pela Chef, pois pareceu-me o que melhor relação qualidade/preço tem.

Antes de me lançar nesta nova aventura culinária, tentei perceber junto daqueles que já têm a Chef, a sua opinião. Para tal, nada melhor do que juntar-me aos grupos do facebook dos utilizadores deste robot. Aqui as opiniões variam muito: desde avarias com as máquinas, receitas que não correm bem, receitas que correm bem, fundos queimados, sons estranhos, pessoas que não se adaptam a cozinhar num robot de cozinha e também pessoas que nada têm a dizer e que estão contentes com a nova aquisição. 

Desta panóplia de opiniões apenas reti o que pareceu mais interessante:  

 


  • Algumas máquinas tiveram problemas, mas é para isso que serve o período de experimentação. Tem-se 15 dias para experimentar todas as funções, puxar bem pela Chef para perceber se todas as funções estão a trabalhar correctamente. Há também uma linha de apoio com pessoas muito prestáveis. E se houver algum problema com peças, trocam imediatamente;

  • Algumas receitas não funcionam. De facto não. Experimentei duas ou três do livro de receitas e percebi as queixas de alguns utilizadores. A meu ver nem todas as receitas do livro foram devidamente testadas, pelo que o resultado é muito diferente do apresentado no livro. A melhor forma de contornar isto é adaptar algumas receitas de robots concorrentes, nomeadamente da Bimby. Têm ficado boas e são muito fáceis de adaptar, já que a Chef Express tem as funções semelhantes à Bimby da geração anterior;

  • Depois de percebemos bem as funções, o melhor é experimentar e ir apurando as receitas. Todos nós temos gostos diferentes, e o que é salgado para uns, pode ser insonso para outros, e é difícil que uma só receita fique ao gosto de todos. A minha sugestão é fazer, refazer e apurar, e para tal é preciso tempo e experimentar a máquina. Se não ficar como pretendido, para a próxima melhorar algum aspecto. O ideal é não desistir, pois isso é meio caminho andado para se encostar a Chef a um canto e passar a ser mais um daqueles objectos que se compram e raramente são utilizados;

  • Nem a Chef Express, nem qualquer robot de cozinha, substitui a comida de tacho. Se quisermos cozinhar em quantidades grandes, num robot de cozinha, essa tarefa parece quase impossível. Há também refeições que ficam melhor cozinhadas ao lume. Mas o que é certo é que os robots de cozinha estão para ficar e para nos ajudar nas tarefas culinárias. Desengane-se aquele que pensa que fazem tudo. Não fazem, mas ajudam, e muito. Seja para principiantes culinários que querem impressionar com os seus dotes, seguindo as receitas à risca, seja para mestres da cozinha que precisam de algum apoio na confecção de pratos maravilhosos. Depois de se experimentar, não se quer outra coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:03


6 comentários

Sem imagem de perfil

De C a 02.05.2016 às 17:48

Olá, boa tarde,

Também comprei a chef express há pouco tempo e estou desiludida porque para além de agarrar muito ao fundo, não existe velocidade colher como vejo pelas receitas da bimby. A velocidade mais baixa parte os ingredientes e mela o cozinhado porque mexe em demasia, principalmente no arroz malandrinho. Há algum conselho para ultrapassar este problema?
Imagem de perfil

De CarmenG a 04.05.2016 às 10:17

Olá,
A velocidade mais baixa da chef é a velocidade 1. Quando faço arroz uso sempre velocidade 1 inversa com a borboleta, para não ficar em papa, e tem corrido bem. Pode também ser do tipo de arroz utilizado. Como uso arroz vaporizado fica sempre rijo e soltinho. Mas convém adaptar sempre o tempo de cozedura ao tipo de arroz usado.

Já me aconteceu com um molho ficar agarrado ao fundo, mas penso que foi por ter colocado tempo a mais. Às vezes acontece quando fazemos experiências. Um truque que tenho é fazer sempre uma pré lavagem. Para tal adiciono água no copo até tapar a lâmina, umas gotas de detergente e programo alguns segundos na velocidade 10. Para retirar algumas manchas que possam ficar no fundo utilizo vinagre. Coloco um pouco de forma a cobrir o fundo do copo, deixo actuar alguns segundos e depois é só lavar.

No início também fiquei um pouco triste, porque tive problemas em passar a sopa, porque seguia as receitas do livro e pede para picarmos alguns alimentos em cru, e depois quando passava a sopa ficava com grumos.
Desde que comecei a adaptar as receitas que a sopa fica sempre bem. No fundo é ir experimentando e adaptar algumas receitas suas ou da bimby.
Sem imagem de perfil

De Maria a 09.12.2018 às 14:44

há quanto tempo compraram? a minha em dois anos foi arranjada duas vezes durante o período de garantia. Este mês faria três anos: acabou de avariar :(
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.12.2018 às 18:21

Olá Maria,
De facto fiquei um pouco decepcionada com a CE por esse mesmo motivo... Também avariou 2 vezes num curto espaço de tempo, e até as pessoas que me atenderam foram impecáveis. Contudo acho que o material da máquina não tem grande qualidade. Não é à toa que é uma fracção do preço de uma bimby. Depois de vir da 2ª vez deixei de a usar para algumas receitas mais complexas, porque deixei de confiar na máquina. Confesso que até de deixei de partilhar receitas por esse mesmo motivo. Tenho a sensação que se a esforço muito acaba por avariar e, tal como a sua, já não está no prazo de garantia. Uso sobretudo para sopas e bolos. Logo já não a uso diariamente como no início.
Se fosse hoje teria comprado uma bimby, embora seja cara, do conhecimento que tenho, a durabilidade e confiança na máquina é bem superior à CE.
Quanto a essa avaria pode sempre entrar em contacto com o apoio ao cliente e perguntar como se procede o arranjo, e claro verificar se esse valor compensa. Boa sorte.
Sem imagem de perfil

De Maria a 15.12.2018 às 22:54

obrigada! exacto, é isso mesmo. acabei por ver melhor, e afinal a máquina fez dois anos este mês e ainda está na garantia, que são três anos! portanto, ainda foi a arranjar, e ainda espero fazer umas sopas e coisas simples com ela (antes usava p fazer p ex manteiga de amendoim, isso nunca mais arrisquei)
Sem imagem de perfil

De Francisco Chambel a 01.04.2017 às 12:15

Sobre a máquina não me pronuncio, porque ainda não temos nenhuma.
Registo com agrado a casmurrice sobre o Acordo Ortográfico; casmurros...já somos dois.

Comentar post



Perfil

foto do autor




Ortografia

Enquanto for possível este blog não é escrito, nem será escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico. Talvez seja casmurrice ou até gosto pessoal, mas há palavras "novas" que ainda tenho dificuldade em aceitar. Gosto que as "pêras" sejam pêras e não "peras" (péras?) e que os "factos" sejam factos e não algo para vestir.